segunda-feira, 7 de julho de 2014

Coligação proporcional encabeçada pelo PMDB espera fazer 6 deputados federais



A disputa pelas vagas de Deputado Federal demonstra que será bastante acirrada, já que das 8 cadeiras ocupadas apenas 5 dos atuais parlamentares irão concorrer a reeleição, ou seja, será somente 3 novas vagas e isso com toda certeza será um disputa de voto a voto, o bom que haverá um maior valor das lideranças, lembrando que para essa eleição os nomes que se encontram na disputa são nomes fortes.

Na coligação que encabeçada pelo PMDB, PR, PSB, DEM, PDT, PROS, PV, SDD, PMN, PSC, PSDB, PRB, PSDC E PRP, essa coligação espera eleger 6 deputados, há no mínimo uns 11 candidatos com reais chances de alcançar o sucesso nesta eleição. 


A coligação União pela Mudança, conta já três dos atuais Deputados que irão para reeleição Felipe Maia – DEM, Sandra Rosado – PSB, Paulo Wagner – PV, e ainda tem outros nomes fortes como Walter Alves – PMDB, deputado estadual e filho do Ministro da Previdência e Senador Garibaldi Filho, o Presidente Estadual do PROS e Vereador de Natal Rafael Motta, a Ex-prefeita de Mossoró Fafá Rosado – PMDB, o Pastor e Presidente do PMN/RN Antônio Jácome, o ex-deputado Rogério Marinho – PSDB, o ex-chefe de gabinete do Prefeito de Natal, e que tem o apoio de Carlos Eduardo, Sávio Hackret – PDT, a Dra Zenaide Maia – PR esposa de Jaime Calado prefeito de São Gonçalo do Amarante e irmã do candidato a Vice-governador João Maia e Abraão Lincoln – PRB, esses são os com maior expressão política. 

Ainda há outra coligação que também apoia Henrique Alves, que é a “Sem mudança não há esperança”, esta ainda não há um nome de maior representatividade e dessa forma torna-se difícil chegar a eleger um representante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SENADOR JOSÉ AGRIPINO NA MIRA DA JUSTIÇA!

A procuradora-geral da república, Raquel Dodge, defendeu junto ao Supremo Tribunal Federal (STF)  o recebimento da denúncia contra ...